Vilhena, Ernesto Jardim de (1876-1967)

vilhena, ernestoOficial da marinha. Filho de Júlio Vilhena. Presidente da Sociedade de Georgafia de Lisboa desde 1911. Começa como regenerador, sendo chefe de gabinete de Azevedo Coutinjho, quando este é ministro. Aparece como deputado franquista, eleito em 1910. Depois da implantação da república, adere aos democráticos e chefia, em 1913-1914 o gabinete do ministro Almeida Ribeiro. Presidente do Banco Burnay em 1917 e da Companhia dos Diamantes em 1919. Vice-governador do Banco Nacional Ultramarino em 1926. Proprietário na Zambézia. Ministro das colónias no governo de Afonso Costa, de 25 de abril a 10 de dezembro de 1917. Autor de Questões Coloniais. Discursos e artigos, Lisboa, Tipografia do Anuário Comercial, 1910.