União Patriótica (1961)

Intenção organizativa formulada por alguns republicanos históricos, defensores da defesa do Ultramar em nome da unidade nacional e da soberania nacional ameaçada por estrangeiros. Lopes de Oliveira e Alberto Madureira são os formuladores da proposta que seria apoiada por Hélder Ribeiro, Cunha Leal, Hernâni Cidade e Armando Cortezão. Ramada Curto chega a declarar aos microfones da Emissora Nacional que importa defender Angola e que no decorrer da batalha não pode mudar-se de general. No mesmo sentido, intervém Ezequiel de Campos.