UEDS – União da Esquerda Democrática Socialista (1978)

Emerge no decorrer da Convenção da Esquerda Socialista e Democrática, promovida, em janeiro de 1978, pela Associação de Cultura Socialista (Fraternidade Operária), MSU e por outros notáveis militantes socialistas sem filiação partidária.

Teve como líder Lopes Cardoso. Em 1979 e em 1980 coligou-se com a Frente Republicana e Socialista para concorrer às eleições legislativas.

Nas eleições de 1983 e 1985 apoiou o PS e integrou os seus elementos, como candidatos independentes, nas listas deste partido.

Nas eleições presidenciais de 1986 os seus membros dividiram-se no apoio a Mário Soares e a Maria de Lurdes Pintassilgo na primeira volta, tendo apoiado Mário Soares na segunda volta.

Dissolvida em abril de 1986, alguns dos seus mais conhecidos militantes ingressaram no PS.