Súbdito

Aquele que está sujeito, subjectu, ou dependente de um soberano ou de um patriarca, à imagem e semelhança da relação pai/filho, onde o poder é um poder-dever, porque é para bem do súbdito que não é considerado instrumento.

Súbdito distingue-se do cidadão e do escravo. Cidadão é o que participa na decisão política, aquele que ora governa, ora é governado. Escravo é aquele que tem um senhor, um dono. O súbdito tem mais a ver com o paternalismo político, onde o chefe político, à maneira do chefe de família, tem um poder que lhe é atribuído para bem do súbdito. Tal como o poder do pai relativamente aos filhos, trata-se de um poder-dever, até porque o súbdito, ao contrário do escravo não é considerado instrumento de um senhor.