Seita

weebrNa senda de Max Weber (na imagem), Badie e Gerstler definem a seita como uma forma de associação voluntária à qual apenas podem aderir de forma exclusiva os que se identificam com princípios morais ou religiosos estritamente definidos. O conceito difere do de Igreja, dado que esta constitui parte integrante da ordem social vigente. O sectário é aquele que não só adere de forma voluntária como também o que tem de exibir qualificações específicas. Em geral, a seita constitui uma dissidência face à religião principal do grupo social sendo marcada pelo exclusivismo social, doutrinário ou ético, tendendo a ser mais dinâmico e mais intolerante que o modelo do grupo de que se tornou dissidente.