Sardinha, António (1888-1925)

transferir (15)Ensaísta português fundador do Integralismo Lusitano. Insigne vulgarizador do tradicionalismo. Marcado pela origem republicana e formado no positivismo de Comte. Quer colocar-se naquilo que designa como o campo da ciência objectiva, assumindo-se contra o romantismo revolucionário.

  • ·Valor da Raça. Introdução a uma Campanha Nacional

Lisboa, Almeida, Miranda e Sousa Editores, 1915.

  • ·Ao Princípio era o Verbo. Ensaios e Estudos

Lisboa, Livraria Portugália, 1924; cfr. 2ª ed., Lisboa, Restauração, 1959.

  • ·A Teoria das Cortes Gerais

Lisboa, 1925; cfr. 2ª ed., Lisboa, Biblioteca do Pensamento Político, 1978.

 

Ascensão, Leão Ramos, O Integralismo Lusitano, Lisboa, Edições Gama, 1943. 4Braga, Luís Almeida, A Posição de António Sardinha, Lisboa, Edições Gama, 1943. 4Número especial da revista  A Cidade. Revista Cultural de Portalegre, Julho-Dezembro de 1988.