Revolta da GNR (Setembro)

Durante o governo de António Granjo foi abortado um golpe de Estado em 30 de Setembro de 1921. O golpe, um ensaio do 19 de Outubro, foi também chefiado por Manuel Maria Coelho. Os cabecilhas, depois de presos, foram libertados pelo chefe do governo em 5 de Outubro. Granjo considerava então que só pela brandura se consegue governar.