Praça, Lopes

pes_116512Praça, José Joaquim Lopes (1844-)

Natural de Castedo, Alijó. Forma-se em Direito em 1868. Começa como professor do ensino secundário em Montemor-o-Novo, Viseu e Lisboa. Professor da Faculdade de Direito de Coimbra a partir de 1881, apresentando a tese O Catolicismo e as Nações. Da Liberdade da Igreja Portuguesa. Começa marcado pelo romantismo de Herculano e, por influência de Vicente Ferrer de Neto Paiva, adere depois ao Krausismo. Em 1904, foi nomeado aio do príncipe real, D. Luís, e do então infante D. Manuel. Abandona completamente a vida publica depois do regícidio de 1908.

  • Historia da Philosophia em Portugal nas suas relações com o movimento geral da philosophia. Coimbra, Imprensa Litteraria, 1868.
  • Direito Constitucional Portuguez. Coimbra, Imprensa Litteraria, 3 tomos, 1878-1880. Obra elaborada antes de ser professor da faculdade de direito.
  • Estudos sobre a Carta Constitucional de 1826 e Acto Addicional de 1852. Em duas partes, Coimbra, Imprensa Litteraria, 1878 e 1879.
  • Colecção de Leis e Subsídios para o Estudo do Direito Constitucional Português. Coimbra, Imprensa da Universidade, 1893-1894. Em dois volumes, I- Leis e Subsídios Referentes ao Nosso Velho Regimen Político, II- Constituições Políticas de Portugal.