Pinto, Alberto Moura (1883-1960)

transferir (2)Republicano histórico. Maçon desde 1909. Advogado. Membro do partido unionista, colega de Malva do Vale. Administrador do concelho de Arganil.

Ministro da justiça de Sidónio Pais, de 12 de Dezembro de 1917 a 7 de Março de 1918. Autor da revisão da Lei da Separação. Depois do 28 de Maio, organiza movimentos contra a Ditadura, juntamente com Jaime Cortesão e Jaime Morais. Amigo de Manuel Azaña.

Exilado em França de 1934 a 1939 e depois no Brasil, onde em 1945 forma um Conselho de Unidade Antifascista.