Partido Popular (1919)

Quando em 1919 se deu a fusão dos evolucionistas e dos unionistas, um grupo de deputados autonomizou-se do processo, instituindo-se em Grupo Parlamentar Popular, tendo como figuras de proa tanto o ex-centrista Cunha Leal, como o ex-evolucionista Júlio Martins. A apresentação deste grupo deu-se também no dia 8 de outubro de 1919. Estes, depois de constituídos em partido, apresentaram-se às eleições legislativas de julho de 1921, conseguindo apenas 1 deputado. Teve como órgão O Popular. Após o movimento revolucionário de 19 de outubro de 1921, os outubristas apresentaram-se ao acto eleitoral de janeiro de 1922 e conseguiram constituir um grupo de doze deputados, liderados pelo ex-centristas e ex-popular Cunha Leal.