Partido da Democracia Cristã (1974)

O Partido Cristão Social Democrata, surge em 5 de maio de 1974, fundado por António da Cunha Coutinho e Frei Bento Domingues. Une-se, dias depois, a um Partido Democrático Popular Cristão de Nuno Calvet Magalhães. Em 10 de maio já há uma dissidência, donde deriva o Partido da Democracia Cristã, apresentado a 23 de maio.

Em diversas ocasiões se procurou impugnar a atividade do PDC, nas sessões da Assembleia Constituinte, alegando a sua inconstitucionalidade à luz do Lei Fundamental que então se gizava. A este propósito, os deputados da UDP, Américo Duarte (julho de 1975) e Afonso Dias (fevereiro de 1976), foram particularmente contundentes nas moções de protesto que apresentaram.