Omnes ut Singuli (Suárez)

A visão atomística do todo como soma dos singulares. Isto é, todos os homens considerados singularmente ou a coleção ou multidão deles num corpo quase confuso e sem ordem nem união dos membros. Equivale à vontade de todos de Rousseau.