Movimento Popular de Libertação de Angola (1956)

800px-Bandeira_do_MPLA.svgO MPLA foi criado em 10 dezembro de 1956, depois de em outubro de 1955 ter surgido o Partido Comunista Angolano.

Tem como principais dirigentes Mário Coelho Pinto de Andrade, Lúcio Lara e Viriato Cruz.

Organiza-se no seio do PLUA e vai, depois, integrar o Movimento para a Independência Nacional de Angola, surgido em 1958.

Em 29 de março de 1959, a PIDE prende muitos dos dirigentes do movimento. Em 4 de fevereiro de 1961 desencadeia a luta armada. Invoca as experiências culturais da revista Mensagem, surgida em 1949, e da revista Cultura, de 1957.

Tem ligações à Sociedade Cultural de Angola, surgida em Luanda, e à Casa dos Estudantes do Império de Lisboa.

Em julho de 1960 é preso Agostinho Neto.