Mensário Português de 1929

Janeiro

Estaline expulsa Trotski da URSS (19 de janeiro).

Nos Estados Unidos, posse de Herbert Hoover.

Fevereiro

Em 15 de fevereiro é emitido o primeiro Código de Processo Penal Português.

Dia 15 - Surge o periódico Federação Agrícola, órgão da Federação dos Sindicatos Agrícolas do Centro, dirigido por Tiago Sales e tendo como diretor-técnico o professor Mário Azevedo Gomes. Pretende assumir-se como a voz da lavoura. Defende o tradicional sindicalismo agrário e faz um apelo à organização cooperativa local. Criticam a transferência do ensino agrícola para o ministério da instrução levada a cabo por Gustavo Cordeiro Ramos. Critica-se a falta de crédito para a agricultura.

Exposição de Salazar ao Diário de Notícias. Considera que os portugueses, nas relações com o Estado, têm dois vícios: para alguns, o Estado é o inimigo que não é crime defraudar; para  outros, o Estado deve ser o protetor da sua incapacidade e o banqueiro inesgotável da sua penúria. Termina, considerando que a Nação pode mudar de médicos, mas não está em condições de mudar de tratamento.

Março

Eleições na Itália onde apenas participam os fascistas.

Dia 22 - Reforma da Caixa Geral de Depósitos em 22 de março. Institui-se como anexa à instituição uma Caixa Nacional de Crédito que vai ter a seu cargo os serviços de crédito agrícola e industrial. As Caixas de Crédito Agrícola Mútuo ficaram, a partir de então, na dependência desta CNC. Começava o processo de estadualização do crédito agrícola que passa pela adoção de um modelo uniforme para todas estas instituições. Em 1938 já o governo era autorizado a intervir diretamente na gestão das mesmas pela nomeação de comissões administrativas. Até então, elas estavam na dependência da Junta de Crédito Agrícola do ministério da agricultura. Imediatos protestos da lavoura.

Instituída a Intendência Geral do Orçamento (27 de março).

Abril

Salazar emite em 27 de abril uma nota oficiosa intitulada Um Ano de Finanças.

Maio

Salazar, em 1 de maio, numa entrevista ao Novidades declara: nunca nenhum médico perguntou a um doente o remédio que ele deseja tomar, mas apenas o que é que lhe dói. De maio a agosto Salazar está internado no Hospital da Ordem Terceira de S. Francisco por ter fraturado uma perna. Nesse quarto se realiza o conselho de ministros que aprova o segundo orçamento salazarista.

Junho

Portaria dos sinos de Mário de Figueiredo 26 de junho. A Portaria nº 6 259 que permite manifestações públicas do culto católicos, com procissões e toques de sinos. O ministro da guerra Júlio Morais Sarmento comanda protestos anticlericais. Figueiredo pede a demissão no que não é acompanhado por Salazar.

Publicado o segundo orçamento salazarista (30 de junho).

Mussolini ratifica o Tratado de Latrão.

Julho

Salazar pede a demissão por causa da portaria dos sinos de Mário de Figueiredo que permitia a realização de procissões (3 de julho).

Dia 7 - Reunião em Torres Vedras dos viticultores do centro e sul criticando o chamado projeto de salvação do Douro que visava proibir a entrada na região do Douro das aguardentes do Centro e do Sul.  José Relvas, presente, considera a solução como imbecil

Governo de Ivens Ferraz - Ivens Ferraz, novo Presidente do Ministério (10 de julho). Salazar é o único membro do gabinete anterior que transita. Saem Cordeiro Ramos e Mário de Figueiredo. Entre os novos ministros, Lopes da Fonseca, na justiça; Linhares de Lima, na agricultura; Antunes Guimarães no comércio; Eduardo Marques nas colónias.

União dos Interesses Económicos protesta contra a política de crédito agrícola.

Agosto

Reforma geral do sistema tributário em 13 de agosto, com reorganização do contencioso das contribuições e impostos.

Em 16 de agosto de 1929 é instituída por Linhares de Lima a chamada Campanha do Trigo.

Setembro

Em 20 de setembro, Salazar emite nota oficiosa sobre os protestos da lavoura quanto à integração das Caixas de Crédito Agrícola Mútuo na CGD. Aí se criticam coletividades com representação e com nome que diminuem e prejudicam o que de verdadeiro e útil  há nas suas exosições com o capricho de manterem contra a verdade afirmações inexatas que por lapso lhe escaparam.

Outubro

Dia 21 - Câmaras Municipais homenageiam Salazar (21 de outubro). Um ano depois das homenagens dos militares chega a vez da província vir agradecer ao mago reformador.

Dia 29 - A quinta feira negra na Bolsa de Valores de Nova Iorque. Desencadeia-se a Grande Depressão que vai destruir o equilíbrio do mundo ociedental que até então balouçava emtre o laissez faire na economia e o parlamentarismo demoliberal na política. De 1929 a 1932 só jos Estados Unidos vão fechar cerca de 6 000 bancos. O ritmo do desemprego cresce a uma média semanal de cerca de meia centena de milhar de pessoas. Atinge-se em 1933 a cifra de treze milhões.

Dia 31 - Morte de Gomes da Costa.