Melo, Lopo Vaz de Sampaio e (1848-1892)

transferir (2)Diretor-geral da instrução pública e das alfândegas. Ministro da fazenda do governo de Rodrigues Sampaio, de 25 de março a 14 de novembro de 1881. Era então membro da esquerda regeneradora, a chamada unha preta, com Barjona, Vilhena e Hintze. Ministro da justiça no mesmo governo, já presidido por Fontes de 24 de outubro de 1883 a 24 de fevereiro de 1885. Ministro da justiça de António Serpa de 14 de janeiro a 14 de outubro de 1890. Ministro do reino de João Crisóstomo, de 25 de maio de 1891 a 17 de janeiro de 1892. Passa, a partir desta data, a ministro da instrução pública até 17 de janeiro de 1892. Morre em 20 de março de 1892.