Matos, José Mendes Ribeiro Norton de (1887-1955)

Oficial de Infantaria. Governador e alto-comissário colonial. Ministro da I República, fica ligado ao chamado milagre de Tancos. Embaixador em Londres. Membro do Partido Democrático. Grão-Mestre da Maçonaria. Oposicionista ao Estado Novo, candidata-se a Presidente da República em 1949. Sempre se assumiu como defensor da nação una, do Minho a Timor. Oficial de infantaria. Professor do Instituto Superior Técnico. Governador-geral de Angola em 1912. Ministro das colónias do governo de José de Castro, de 19 de junho a 22 de julho de 1915. Ministro da guerra do mesmo governo desde essa data a 29 de novembro de 1915. Ministro da guerra no governo de Afonso Costa de 29 de novembro de 1915 a 15 de março de 1916. Ministro da guerra no ministério da União Sagrada, presidido por António José de Almeida, de 16 de março de 1916 a 25 de abril de 1917. Ministro da guerra no governo de Afonso Costa, de 25 de abril a 10 de dezembro de 1917. Alto comissário em Angola, a partir de 1920. Embaixador em Londres. Grão-mestre da maçonaria do Grande Oriente Lusitano (1932-1935). Candidato pela oposição democrática à presidência da república (1949). Apresenta a candidatura em 9 de julho de 1948 e inicia a campanha em 3 de janeiro de 1949. anuncia a desistência em 11 de fevereiro.

Bibliografia

Memórias e Trabalhos da Minha Vida, Lisboa, 1944-1945