Lima, Campos (1887-1956)

campos_limaUm dos mais consolidados teóricos portugueses do anarquismo. Formado em direito em 1907, é um dos líderes da greve académica. Abraça desde então os ideais anarquistas. Organiza Congresso do Livre pensamento em 1913. Não é então admitido como professor da faculdade de direito de Lisboa em 1914. Recusa ser ministro da justiça em outubro de 1921. –Conceção anarquista de Estado,102,690.

Bibliografia

O Estado e a Evolução do Direito, Lisboa, Livraria Bertrand, 1914; dissertação apresentada na então Faculdade de Estudos Sociais e Direito de Lisboa
Dissertação apresentada na então Faculdade de Estudos Sociais e Direito de Lisboa por Campos Lima. O autor aborda no cap. II a formação do Estado e no seguinte as relações entre o Estado e o direito; no cap. IV disserta sobre as transformações do direito público e no V, intitulado a transformação do Estado, defende um modelo de Estado sindicalista. Termina com uma prospetiva sobre a evolução do direito em que defende a abolição do Estado. 

O Reino da Traulitânia, Livro de memórias