Leitão, Manuel Rodrigues (1630- 1691)

leitaJurista e, a partir de 1675, padre oratoriano.

Critica asperamente o poder absoluto: todo o poder se deve temperar pela justiça e equidade; e neste sentido têm os Doutores por danável e quimérico o poder, que se diz absoluto, indigno de Principe Cristão. E isto porque nem tudo o que se pode é lícito (…) quem faz tudo o que pode, está muito perto de fazer o que não pode.

Bibliografia

Tractado analytico e apologetico sobre os provimentos dos bispados da Coroa de Portugal. Calumnias de Castella convencidas…, Lisboa, 1715. Obra redigida em 1659