Lei eleitoral de 1878

Proposta pelo governo de Ávila e aprovada durante o governo regenerador de Fontes.  Seguem-se as eleições de 13 de novembro de 1878.

Lei eleitoral de 8 de Maio de 1878

Proposta pelo governo de Ávila em 5 de Janeiro.

Aumento dos círculos

Aumento dos círculos que passam de 92 para 127 no Continente. 149 deputados no total nacional. 127 no continente. 10 nas ilhas.

Sufrágio

Quase sufrágio universal para os cidadãos masculinos e maiores. Alargamento do colégio eleitoral para cerca de 18% da população contra os anteriores 8,69% (de 480 000 recenseados para 820 00), segundo o Professor Ribeiro dos Santos.

Censo

No diploma presume-se que têm o rendimento mínimo de 100$000 réis os cidadãos masculinos maiores que soubessem ler e escrever ou que fossem chefes de família. Considerada a lei eleitoral mais liberal da monarquia constitucional.