Instituição

hauriouSegundo o ideal-realismo de Maurice Hauriou (na imagem), é une idée d’oeuvre ou d’entreprise qui se réalise et dure juridiquement dans un milieu social. Dentro da noção, importa assinalar quatro ideias: a ideia de obra ou de empresa; a ideia de comunhão; a ideia de regras; e a ideia de órgãos de poder. A ideia de obra ou de empresa produz um fenómeno de interpenetração das consciências individuais, onde são as consciências individuais que se pensam umas às outras e que assim se possuem umas às outras. A ideia de comunhão traduz a manifestação de comunhão entre os membros do grupo, onde as ideias geram a adesão dos membros do grupo). A ideia de regras reflete a existência de um conjunto de regras que estabelecem o processo de tomadas de decisões. A ideia de órgãos de poder tem a ver com uma série de órgãos de poder que representam o grupo e que tomam ou executam decisões dentro do grupo. Os elementos da instituição: a adesão dos membros do grupo à ideia-força, implicando a afetação a um fim duradouro. A ideia de Estado como a instituição das instituições.

Segundo as palavras de Georges Burdeau, é uma empresa ao serviço de uma ideia, organizada de tal modo que, achando-se a ideia incorporada na empresa, esta dispõe de uma duração e de um poder superiores aos dos indivíduos por intermédio dos quais atua, permitindo ao grupo que continue, segundo uma técnica mais aperfeiçoada, a procura do bem comum; assegura uma coesão mais estreita entre a atividade dos governantes e o esforço pedido aos governados; torna mais flexível a influência da ideia de direto sobre os comportamentos sociais e, com isso, constitui.

Instituição como aparelho simbólico (Machado)

Instituição como força efetivamente social (Santiromano)

Instituição é integração numa ideia e não contrato (Renard)

Instituição – Empresa com normas vinculando os membros (Weber)

Instituição – Produto da ação dos homens e não da sua intenção (Hariou)

Instituição sintese objetiva do poder e da liberdade (Neves)

Instituição social de carácter corretivo (Höffe, Otfried)

Instituição, coordenação intersubjetiva gera solidariedade (Haber)

Instituição, gera estatuto e não contrato (Renard)

Instituição, humus onde estão os valores (Ricoeur)

Instituição, integração num esquema comum de valores (Parsons)

Instituição, obediência pelo consentimento (Moreira, Adriano)

Instituição, relação entre o fundador e as adesões (Renard)

Instituição, sístema de símbolos expressivos (Parsons)

Instituições culturais (Parsons)

Instituições relacionais (Parsons)