Incidentes em Angola

Conflitos em Luanda entre o chefe de estado maior Genipro da Cunha de Eça e Freitas e Almeida e o tenente Morais Sarmento, com a morte deste último, quando o Alto Comissário, Filomeno da Câmara, se tinha deslocado ao Lobito. Este é demitido a 16 de Março, sendo substituído pelo tenente coronel Bento Roma, segundo conselho de Monsenhor Alves da Cunha a Salazar, então ministro interino das colónias. Norton de Matos, em declaração pública, apoia Filomeno da Câmara.