Ilegalização do Partido Republicano

Face a uma nova intentona, o governo decreta em 3 e 13 de Dezembro a ilegalização do Partido Republicano Português e o encerramento de O Rebate, então órgão oficial do mesmo. Prisão e deportação dos principais dirigentes do grupo.