Greve das Construções Navais

Greve dos operários dos estaleiros de construção naval na zona de Lisboa, comandada pelos comunistas. Mobilizados cerca de 20 000 trabalhadores. Na organização da greve destaca-se António Dias Lourenço.