Governo de Hintze Ribeiro (1893-1897)

De 22 de fevereiro de 1893 até 7 de fevereiro de 1897 (1446 dias).

Mobiliza João Franco, António de Azevedo Castelo Branco, Augusto Maria Fuschini, Bernardino Machado, João António Brissac das Neves Ferreira, Luís Augusto Pimentel Pinto, Frederico Gusmão Correia Arouca, Carlos Lobo de Ávila, Artur Alberto Campos Henriques, José Bento Ferreira de Almeida, Luís Soveral, Jacinto Cândido da Silva, José Estevão de Morais Sarmento.

Promove as eleições de 15/ 30 de abril de 1894 e de 17 de novembro de 1895.

Vencem as eleições de abril de 1894. Vencem as eleições de 17 de novembro de 1895, em listas ditas de concentração monárquica.

  • Presidência e estrangeiros, Hintze Ribeiro;

  • Reino, João Franco;
  • Guerra, P. Pinto;
  • Marinha, Brissac;
  • Fazenda, Fuschini;
  • Justiça, A. C. Branco;
  • Obras públicas, B. Machado.

Em 20 de dezembro de 1893:

  • Estrangeiros, C. Arouca;
  • Fazenda, Hintze Ribeiro;
  • Obras públicas, C. L. Ávila.

Em 1 de setembro de 1894:

  • Estrangeiros, C. L. Ávila;
  • Obras públicas, C. Henriques.

Em 17 de janeiro de 1895:

  • Marinha, F. Almeida.

Em 20 de setembro de 1895:

  • Estrangeiros, Soveral.

Em 26 de novembro de 1895:

  • Marinha, J. Cândido.

Em 7 de abril de 1896:

  • Guerra, M. Sarmento.