Galhardo, Herculano Jorge (1868-1944)

Herculano_GalhardoOficial do exército e engenheiro. Professor da Escola de Guerra. Ministro das finanças no governo de Pimenta de Castro, na qualidade de membro do partido democrático, de 28 de janeiro a 6 de março de 1915, quando é substituído por Rodrigues Monteiro. Ministro do fomento no governo de Afonso Costa, de 25 de abril a 10 de dezembro de 1917. Maçon, desde 1905, e destacado dirigente do Grande Oriente Lusitano, começa como unionista, entre 1911 e 1915, passando depois para os democráticos, onde enfileira na ala esquerda dos mesmos. De 1921 a 1926 é administrador geral do porto de Lisboa. Antes, de 1900 a 1910, tinha sido director da Fábrica de Cimento Tejo. Cabe-lhe a criação do sistema de caixas de correio nos domicílios.