Fraternidade

Ideal estóico assumido por Séneca (a natureza fez de nós uma única família) e Marco Aurélio. Consideração de que todos os homens são irmãos, fazendo parte de uma única família. Perspetiva reforçada pelo cristianismo. Uma das palavras da tríade da revolução francesa, visando laicizar os ideais cristãos.