Filosofia alemã e marxismo

marxMarx (na imagem), a partir de 1848, abandonou as categorias hegelianas e descobriu os modelos do empirismo inglês. Althusser considera a filosofia como luta de classes na teoria, 30,200 Filosofia – Conhecimento do permanente e do universal, 9,75. São Tomás considera que a filosofia, como actividade especulativa, visa conhecer o que é permanente e universal, e não as contingências históricas. Hannah Arendt salienta que a filosofia é uma atitude contemplativa, típica daquele homem solitário que reflete sobre o todo da existência humana.