Evidência, Regra da (Descartes)

“Jamais receber por verdadeira coisa alguma que eu não conhecesse evidentemente como tal”.