Enes Júnior, António José (1848-1901)

enesFormado no Curso Superior de Letras. Jornalista, fundador de O Dia. Defende em 1870 uns Estados Unidos da Europa, temendo que Portugal seja absorvido pela Espanha. Membro do partido histórico. Maçon. Deputado em 1880, 1884, 1887 e 1890.

Bibliotecário-mor da Biblioteca Nacional em 1886. Ministro da marinha e ultramar na primeira fase do governo extrapartidário de João Crisóstomo de 14 de Outubro de 1890 a 25 de Maio de 1891, onde lhe sucedeu Júlio de Vilhena. Comissário régio em Moçambique em 1891. Embaixador no Brasil. Traduz a História Universal de Cesare Cantu.

  • A Guerra e a Democracia. Considerações sobre a Situação Política da Europa. Lisboa, J. G. de Sousa Neves, 1870.

  • Francisco de Assis de Oliveira Martins, O Ultimatum Visto por António Ennes, Lisboa, 1946