Distúrbios em Évora

Distúrbios em Évora, por ocasião da inauguração de uma sede da Liga Nacional 28 de Maio. No dia seguinte é assassinado Joaquim da Silva Dias, director do jornal O Manuelinho, quando se preparava para seguir para Lisboa, acompanhado por Rolão Preto.