Desvelamento (Aleteia)

Heidegger refere que a essência humana não é um domínio objectivo, revestindo propriedades constituintes de um objeto, mas um “desvelamento”(aleteia), uma maneira particular do ser abrir-se ao ser.