Defesa do Ocidente

Henri MassisConceito anticomunista consagrado por Henri Massis (na imagem) em La Défense de L’Occident, de 1927, acarinhado pela retórica salazarista, que, pura e simplesmente, esqueceu que, na fase pós-estalinista da URSS, havia mais convictos comunistas na Europa Ocidental que nos países ditos de Leste.

Em discurso de 14 de agosto de 1936, Salazar dizia: nós somos filhos e agentes duma civilização milenária que tem vindo a elevar e converter os povos à conceção superior da própria vida, a fazer os homens pelo domínio do espírito sobre a matéria, pelo domínio da razão sobre os instintos. Mas o mesmo político, em plena guerra ultramarina, quando se apostava de forma maximalista na integração dos territórios europeus e africanos num único espaço, não se coibia de proclamar: somos cada vez menos um país apenas europeu e tendemos cada vez mais a sê-lo cada vez menos.