Dantas, Júlio (1876-1962)

dantasMédico e escritor.Presidente da Academia das Ciências. Deputado em 1905.

Senador durante a República. Ministro da instrução pública de 21 de outubro a 30 de novembro de 1920, no governo de António Granjo, na qualidade de reconstituinte, substituindo o democrático Rego Chaves.

Ministro dos negócios estrangeiros no governo de Cunha Leal, de 16 de dezembro de 1921 a 6 de fevereiro de 1922. Ministro dos negócios estrangeiros no governo nacionalista de Ginestal Machado, de 15 de novembro a 18 de dezembro de 1923.

Membro do partido liberal e do partido nacionalista. Presidente da comissão nacional dos centenários em 1940.

Bibliografia

Páginas de Memórias

Lisboa, Portugália, 1968

Luís de Oliveira Guimarães, Júlio Dantas. Uma Vida. Uma Obra. Uma Época, Lisboa, Romano Torres, 1963.