Consociationalism

Expressão anglo-saxónica que visa defender uma forma de democracia típica de sociedades segmentadas, onde a harmonia é mantida pela autonomia dos interesses organizados e pela competição das diversas elites, cada qual com os seus papéis a desempenhar. Difere do conceito de consensualismo.