Conservadores espanhóis

O partido conservador espanhol foi fundado em 1869 por Cánovas del Castillo, assumindo as principais reivindicações liberais, como o sufrágio universal e a liberdade de cultos. Entre as principais figuras, Eduardo Dato (1857-1921), Pedro José Pidal (1799-1865), Antonio Maura (1853-1925) e Alejandro Pidal y Mon (1846-1913).