Conservador

Do lat. conservare, guardar conjuntamente, guardar um todo na sua integridade. Em termos políticos tanto há uma ideologia conservadora, marcada pela crença no individualismo e num Estado mínimo, pela defesa do staus quo e da moral tradicional, por vezes dita conservatismo (do inglês conservative) como uma perspetiva conservacionista, a ideia ecologista que visa gerar os recursos naturais numa perspetiva de longo prazo, de maneira que as gerações atuais não destruam os benefícios que deles poderão retirar as gerações futuras. Em termos ideológicos, a perspetiva conservadora tanto pode significar a conservação do que está, mesmo que o regime não seja conservador, como a conservação do que deve ser. Assim, dizem-se conservadores todos os situacionistas, mesmo que a defesa do statu quo passe pela manutenção de um sistema nascido de uma rutura revolucionária. Neste sentido, chegaram a qualificar-se como conservadores os comunistas da União Soviética que defendiam o exato contrário do conservadorismo.