Congresso dos Combatentes do Ultramar (1973)

ccprog1De 1 a 3 de Junho de 1973 realiza-se no Porto o I Congresso dos Combatentes do Ultramar, favorável à defesa do espaço ultramarino em nome da grandeza e unidade de Portugal.

A frase mobilizadora é simples: não seremos a geração da traição. São contestados formalmente por cerca de 400 oficiais das forças armadas. Ironicamente, as conclusões do Congresso são editadas em livro em Março de 1974.

Dos combatentes aos liberais – Em Junho, no Porto, realiza-se o Congresso dos Combatentes do Ultramar que, apesar de contar com o activismo de José Vieira de Carvalho e de José Luís Vilaça, não consegue mobilizar o apoio dos militares spinolistas.

Em Julho é o mês do encontro dos chamados liberais, realizado em Lisboa. Curiosamente o governador civil da capital não autoriza um encontro dos monárquicos oposicionistas, argumentando com a não concordância da Causa Monárquica.