Confederação Maçónica Progressista de Portugal (1864)

Em maio de 1864, Lobo d’Ávila constitui a Confederação Maçónica Progresista de Portugal, uma cisão dentro da Confederação Maçónica Portuguesa. Em fevereiro desse ano, Ávila perdera as eleições para Grão Mestre, em disputa com Loulé, então chefe do governo. Na cisão, é acompanhado, por breves tempos, por Mendes Leal que em janeiro de 1866 abandona a cisão, por se eleito Grão Mestre do grupo mãe.