Chefatura (chefferie)

Competência técnica sem poder, chefferie um espaço onde não existe poder (l’éspace de la chefferie n’est pas un lieu de pouvoir). Há um chefe sem poder, porque as sociedades primitivas são igualitárias e não estão marcadas pela dissemetria. O chefe apenas tem prestígio, pelos dons oratórios, pelo carismo, pela sua capacidade técnica, nomeadamente a militar. Só acontece isso quando surge a grande revolução do Estado, no neolítico. A partir de então, há uma divisão entre dominantes e dominados. Surgem, a partir de então, as noções de autoridade e de coerção.