Caudilho

A expressão começa por qualificar os chefes dos bandos cristãos, durante a Reconquista. Passa, depois, a qualificar os ditadores militares da América espanhola (caudillo) na sequência das guerras de independência de 1810-1826. Estes chefes estão aliados aos haciendados. Destacam-se Diáz no México, entre 1876 e 1910 e Gómez na Venezuela, de 1908 a 1933. Franco qualificou-se como Caudillo de España por Gracia de Dios, quando teve de gerir uma monarquia sem rei.