Camoesas, João José da Conceição (n. 1887)

CamoesasMédico. Ministro da Instrução Pública, no governo de António Maria da Silva, de 9 de janeiro a 15 de novembro de 1923.

Comete notável façanha de prolixidade verbal ao discursar durante 14 horas no parlamento, a 16 de julho de 1925.
Volta à mesma pasta no governo de Domingos Pereira, de 1 de agosto a 17 de dezembro de 1925.

Deportado em 1932 para Angola, passa, depois, para o exílio nos Estados Unidos da América, onde voltou a exercer clínica.