Bon sens

Exigências do pensamento e da ação BERGSON,32,214 bon sens,, considerando como “um acordo íntimo entre as exigências do pensamento e da ação”, algo de semelhante à reta ratio dos estoicos e à reasonableness de Locke.