Albuquerque, Joaquim Mouzinho de (1855-1902)

Mouzinho de Albuquerque

Militar, chega a tenente-coronel.

Destaca-se na campanha de pacificação dos Macondes e dos Vátuas (Moçambique, 1895), que culmina com a detenção de Ngungunhane, chefe tribal da última etnia, exibido como troféu de caça pelas ruas de Lisboa (13 de Março de 1896).

Nomeado preceptor de D. Luís Filipe, o prícipe herdeiro.

Descontente com a inelutável decadência nacional, suicida-se em 8 de Janeiro de 1902.