Aires (Ramos da Silva Eça), Matias (1705-1763)

Um dos principais iluministas portugueses. Nasce em São Paulo, no Brasil, mas vem para Lisboa logo com onze anos de idade, começando a estudar direito em Coimbra, desde 1772, mas acabando os estudos em França.

Chega a provedor da Casa da Moeda. Como iluminista, não tem, contudo, uma cega confiança na razão, traduzindo alguns laivos jansenistas. Na sua obra mais célebre, de 1752, com três edições no século XVIII, aproxima-se de La Rochefoucauld. Nasce em São Paulo no Brasil.

Vem para Lisboa com 11 anos, estudando com os jesuítas. Segue para Coimbra, a fim de estudar leis. Conclui a formatura em França (1728-1733).

Bibliografia

Reflexões sobre a Vaidade dos Homens ou discursos morais sobre os efeitos da vaidade

Lisboa, Francisco Luís Ameno, 1752.

Problemas de Arquitectura Civil

Em dois tomos, Lisboa, António Rodrigues Galhardo, 1777. Obra póstuma editada pelo filho do autor.

Silva, Inocêncio Francisco, Dicionário Bibliográfico Português, Lisboa, Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1977, tomo VI, p. 159.