Mensário Português de 1936

Janeiro

Dia 18 - Remodelação governamental. Carneiro Pacheco na instrução e Armindo Monteiro nos estrangeiros.

Março

Dia 8 - 1ª Conferência Económica do Império Colonial Português.

Abril

Criado um Comité Central do PCP. Com Alberto Araújo, Manuel Rodrigues da Silva, Pires Jorge e Álvaro Cunhal.

Dia 11 - Ministério da Instrução Pública  passa a Ministério da Educação Nacional.

Maio 

Dia 1 - São tentadas concentrações, mas são facilmente dispersas pela polícia. Representantes dos Sindicatos Nacionais são recebidos em Belém.

Dia 11 - Salazar toma posse como ministro da guerra. Dois dias depois, Santos Costa assume as funções de subsecretário de Estado do Exército.

Dia 19 - Fundada a Academia Portuguesa da História.

Julho

Dia 1 - Criada a Mocidade Portuguesa.

Dia 17 - Começa a guerra civil espanhola.

Agosto

Dia 5 - Diário de Notícias transcreve declarações de Salazar a jornalista inglês: nós somos antiparlamentaristas, antidemocratas, antiliberais … nós queremos elevar, educar, proteger o povo, arrancá-lo à escravidão da plutocracia, e por isso somos antidemocratas (apud Luís Almeida Braga, A Posição de António Sardinha, pp. 38).

Dia 28 - Manifestação salazarista no Campo Pequeno. Botelho Moniz propõe a criação de uma milícia armada do regime.

Setembro

Dias 8/9 - Revolta nos navios Dão Afonso de Albuquerque.

Dia 20 - Aprovada a constituição da Legião Portuguesa (DL 27 958).

Outubro

A bordo do navio Luanda chegam a Cabo Verde os primeiros 200 presos políticos deportados para o Tarrafal. Entre eles está Bento Gonçalves, secretário geral do PCP.

Constituída a Frente Popular Portuguesa, ligada ao PCP.

Dia 14 - Reforma do ensino liceal.

Dia 23 - Suspensão das relações entre Portugal e a República Espanhola.

Dia 31 - Manifestação de apoio a Salazar.

Novembro

Dia 9 - Posse da Junta Central da Legião Portuguesa.

Dia 24 - Reforma do ensino primário.

Dia 25 - Armindo Monteiro é nomeado embaixador em Londres.